Homenagem do Partido dos Trabalhadores (PT) de Paraíso as mães | Luis Antonio 13
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio
Acontecendo


 1

Na manhã deste domingo (10), o PT de Paraíso se reuniu no Diretório Central para uma singela homenagem ao Dias das Mães. O evento foi promovido pela Professora Neura Mota (PT) e suas companheiras do Grupo Mulheres Rendeiras.

Neura Mota disse: “Com muita alegria e emoção que deixo aqui um recado a todas as mães, as mães dos nossos grupos, as mães da zona rural, dos núcleos de artesanato, as mães que comparecem, as mães funcionarias, a minha mãe que Deus possa abençoar a vida de cada uma dessas mulheres, Feliz dia das mães” é o que eu desejo.

2

 A direção do partido agradeceu, exaltou a iniciativa e leu o seguinte texto abaixo que também está no WHATZAP PT PARAÍSO veja:

Uma mulher chamada Ana foi renovar sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era sua profissão. Ela hesitou, sem saber como se classificar.  – O que eu pergunto é se tem algum trabalho, insistiu o funcionário. – Claro que tenho um trabalho, exclamou Ana. Sou mãe, disse. – Nós não consideramos mãe um trabalho. Vou colocar dona de casa, disse o funcionário friamente. Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante. – Qual é a sua ocupação, perguntou. Não sei o que me fez dizer isto. As palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora: – Sou Doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, falei à funcionária. A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar pra o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial. – Posso perguntar disse-me ela com novo interesse: o que faz exatamente? Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder: – Desenvolvo um programa de longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas). Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?). O grau de exigência é a nível de 14 horas por dia (para não dizer 24). Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária, que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente abriu-me a porta. Quando cheguei em casa, com o título da minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 5. Do andar de cima, pude ouvir meu novo experimento – um bebê de seis meses – testando uma nova tonalidade de voz. Senti-me triunfante! Maternidade… Que carreira gloriosa! Assim, as avós (Idosas) deviam ser chamadas doutora-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas, as bisavós doutora-executiva-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas e as tias doutora-assistente. Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras, doutoras na arte de fazer a vida melhor!

3

Na ocasião ainda estiveram presentes: a Vereadora Vanessa Alencar Pinto, Vereador Luís Antônio, Diretora administrativa do Hospital Regional Cynara Leão, Presidente do Partido Paulo Mota, Vice Presidente Zé Pereira.  E Membros Dr. Cleber, Elivane Silva, Luciano Francisco sua esposa e filhos, Esmeraldina e esposo, Jeremias e sua esposa, Vanderlice seu esposo e filha, Dona Ivanilde, Técnica de Enfermagem do Hospital Regional Gleime, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e membro do PT Osmar , Constantino e esposa, Santilha. Dentre outros (as).

IMG-20150521-WA0028

4

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>