Confirmado: PT terá candidatura própria em Paraíso | Luis Antonio 13
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio
Acontecendo


Os integrantes do Partido dos Trabalhadores, PT, de Paraíso, decidiram que em 2016 o Partido irá disputar cabeça de chapa para o cargo de prefeito. A informação é do médico, Cleber Mendes Mota, maior líder do PT no município. De acordo com ele, o candidato será o vereador petista Dr. Luís Antônio.

“Se ele não for candidato eu serei, mas a nossa proposta é lançar o Dr. Luís Antônio que é uma pessoa carismática, tem boa aceitação pública e representa a renovação da politica em Paraíso” disse Dr. Cleber.

Ainda de acordo com o líder, o PT precisa mostrar seu valor e não se abalar com os últimos acontecimentos políticos no País, envolvendo o seu partido. Cleber acredita que se trata de “uma ação para tentar barrar Lula nas eleições de 2018”.

ccc

“O PT de Paraíso terá candidatura própria em 2016, e o candidato natural é o Dr. Luís Antônio. Não fecharemos as portas para o cargo de vice, mesmo assim têm companheiros que querem chapa puro sangue, inclusive colocando meu nome como vice, e todos sabem que sou um soldado do Partido” avisa Dr. Cleber.

Ele alega que a derrota do candidato Hider Alencar, que disputou a prefeitura de Paraíso pelo PT, em 2012, foi devido ao poder econômico e o excesso de problemas ocorridos naquela disputa. Os petistas sabem que em 2012 houve baixaria e muitos falatórios envolvendo os candidatos Hider Ex PT e o Avelino (PMDB).

“Não vamos fazer campanha detonando pessoas e falando da vida de quem quer que seja. Nos jamais vamos fazer baixaria”. Lembra Cleber.

Fonte: http://www.portalbenicio.com.br/ – Jornal Correio do Povo Tocantinense – Março de 2016

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>