Notícias | Luis Antonio 13



Prev
Next
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio
Acontecendo


Notícias

Notícias do site

O Partido dos Trabalhadores de Paraíso realizou na noite desta sexta-feira (22) sua convenção para escolha dos candidatos que vão disputar a eleição de vereadores e vice-prefeito este ano.

Até os últimos momentos, o Partido tinha o médico e vereador, Dr. Luís Antônio, como pré-candidato a prefeito. Porém, após uma longa conversa entre os petistas e o pré-candidato do PSC e vice-prefeito de Paraíso, Ary Arraes, ficou decidido que Dr. Luís Antônio seria o vice de Arraes.

A convenção desta noite se tornou história porque a fusão PT/PSC demonstra o resultado de uma conversa franca iniciada por dois jovens políticos do município. Até então, todas as decisões que já ocorreram em Paraíso, neste sentido, eram definidas pelas lideranças mais antigas, ou seja, os políticos tradicionais. A decisão mostra que alguma mudança na forma de se fazer a política local já foi iniciada.

Dr. Luís Antônio

Com os projetos se coincidindo, Dr. Luís Antônio aproveitou para conclamar aos demais pré-candidatos da oposição paraisense a se unirem em prol do desenvolvimento do município. A proposta é buscar o crescimento industrial, para geração de emprego e renda, melhorar a saúde, educação, infraestrutura e a assistência social.

O vice lembrou que Ary Arraes tentou ajudar o atual prefeito a administrar a cidade, mas que ele não teve essa oportunidade e que quer que a gestão Ary/Luís Antônio seja totalmente diferente pelo bem de todos.

Damaso

O presidente da Assembleia Legislativa, Osires Damaso, lembrou que a união de seu grupo político com o PT é um sonho antigo. Ele ressaltou a importância da militância petista.

O deputado paraisense aproveitou para questionar o fato da atual gestão de Paraíso ter em sua estrutura administrativa vários secretários que não são filhos do município. “Isso deixa a entender que coisas muitas importantes a população de Paraíso não pode saber” disse.

Damaso afirmou ainda que a recuperação asfáltica do município foi projeto seu e que a construção de postos de saúde, asfalto e outras obras que foram ou estão sendo realizadas são de autoria do Governo Federal com responsabilidade estadual e que não têm nada a ver com atual gestão.

Vereador Jarbas

O vereador Jarbas Inácio (PSC) denunciou o fato de a atual gestão estar transferindo cerca de três milhões de reais das áreas da saúde e ação social para o gabinete do prefeito. Segundo ele, “esse dinheiro seria para pagar servidores fantasmas que a população nem sabe onde trabalham”. O Vereador já teria feito a mesma denúncia nas redes sociais.

Ary Arraes

O pré-candidato a prefeito Ary Arraes, sob os olhas petistas, ressaltou a importância do comportamento do Dr. Luís Antônio e da cúpula do PT local, no sentido de unir forças para promover a mudança na administração do município. “Agradeço a confiança e tenho certeza que essa é uma parceria que vai fazer com que Paraíso tenha uma administração voltada para o povo” disse.

Dr. Cleber

O líder maior do PT em Paraíso, Dr. Cleber Mendes Mota, através de seu Partido, homenageou várias pessoas que, segundo ele, foram importantes para o crescimento da Sigla no município e no Estado. A homenagem leva o nome do ex-petista, Zé Chico. Dr. Cleber garantiu que no palanque de Ary e Luís Antônio não haverá xingamentos e nem falatório sobre a vida pessoal de nenhum adversário.

Prestigiaram a convenção do partido dos Trabalhadores, o suplente de senador, Donizet Nogueira, o presidente estadual do PT, Julio Cesar, Dr. Cleber, e outras lideranças do município e região. O evento foi comandado pelo presidente municipal do PT, Paulo Mota.

O auditório da Câmara de Vereadores não coube o público que compareceu para acompanhar a primeira convenção partidária das eleições municipais de Paraíso do Tocantins.

Fonte: Portal Benício

Os integrantes do Partido dos Trabalhadores, PT, de Paraíso, decidiram que em 2016 o Partido irá disputar cabeça de chapa para o cargo de prefeito. A informação é do médico, Cleber Mendes Mota, maior líder do PT no município. De acordo com ele, o candidato será o vereador petista Dr. Luís Antônio.

“Se ele não for candidato eu serei, mas a nossa proposta é lançar o Dr. Luís Antônio que é uma pessoa carismática, tem boa aceitação pública e representa a renovação da politica em Paraíso” disse Dr. Cleber.

Ainda de acordo com o líder, o PT precisa mostrar seu valor e não se abalar com os últimos acontecimentos políticos no País, envolvendo o seu partido. Cleber acredita que se trata de “uma ação para tentar barrar Lula nas eleições de 2018”.

ccc

“O PT de Paraíso terá candidatura própria em 2016, e o candidato natural é o Dr. Luís Antônio. Não fecharemos as portas para o cargo de vice, mesmo assim têm companheiros que querem chapa puro sangue, inclusive colocando meu nome como vice, e todos sabem que sou um soldado do Partido” avisa Dr. Cleber.

Ele alega que a derrota do candidato Hider Alencar, que disputou a prefeitura de Paraíso pelo PT, em 2012, foi devido ao poder econômico e o excesso de problemas ocorridos naquela disputa. Os petistas sabem que em 2012 houve baixaria e muitos falatórios envolvendo os candidatos Hider Ex PT e o Avelino (PMDB).

“Não vamos fazer campanha detonando pessoas e falando da vida de quem quer que seja. Nos jamais vamos fazer baixaria”. Lembra Cleber.

Fonte: http://www.portalbenicio.com.br/ – Jornal Correio do Povo Tocantinense – Março de 2016

Comemora-se no dia 1º de outubro, o Dia Nacional e Internacional da Pessoa Idosa. Nesta oportunidade, cabe uma reflexão de todos, sobre o processo de envelhecimento da população brasileira. Como estão vivendo as pessoas idosas de hoje e como viverão as pessoas idosas de amanhã?

 luiss

O envelhecimento é um triunfo do desenvolvimento. O aumento da longevidade é uma das maiores conquistas da humanidade. As pessoas vivem mais em razão de melhorias na nutrição, nas condições sanitárias, nos avanços da medicina, nos cuidados com a saúde, no ensino e no bem-estar econômico. Mas, a população em envelhecimento também apresenta desafios sociais, econômicos e culturais para indivíduos, famílias, sociedades e para a comunidade global.

Um levantamento do Pew Research Center, dos Estados Unidos, com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), mostra que, em 2050, o Brasil terá 22,5% de idosos. Estará, portanto, no nível em que se encontram Japão, Alemanha e Itália atualmente. O mais importante, porém, é a velocidade da transição brasileira. Entre os outros países, poucos vão mudar tão radicalmente.

O ministro da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Pepe Vargas afirmou no seminário internacional sobre Bom Trato à Pessoa Idosa que nos próximos 15 ou 20 anos a curva demográfica do Brasil se inverterá. “Teremos mais idosos do que jovens. Isso significa que temos que construir políticas públicas que terão impacto positivo na qualidade de vida da população idosa”, disse.

Atualmente, no mundo, existem 810 milhões de pessoas com mais de 60 anos, constituindo 11,5% da População global. Em 2050, há possibilidade de alcançar dois bilhões de pessoas, ou cerca 22,5% da população mundial. Os recém-nascidos terão a expectativa de viver até os 83 anos nas regiões desenvolvidas e 74 anos naquelas em desenvolvimento.

Até 2050, o número de pessoas acima de 65 anos será maior do que o de pessoas com menos de 15, nos países mais avançados. E tem mais! Hoje, a expectativa de vida nos países desenvolvidos é de mais ou menos 75 anos e será de mais ou menos 90 anos em 2050. Amparado pela maior expectativa de vida, o número de brasileiros acima de 65 anos deve praticamente quadruplicar até 2060, confirmando a tendência de envelhecimento acelerado da população já apontada por demógrafos.

 julio

Tenho certeza que você já viu uma plaquinha no ônibus reservando alguns assentos para pessoas idosas. Já reparou nisso? Isso acontece para facilitar a vida das pessoas mais velhas.

Assim, o Dia Internacional e Nacional da Pessoa Idosa, presta homenagens e conscientiza a população sobre sua valorização, atenta para a necessidade de formular e concretizar estratégias, políticas e práticas em todos os setores e reivindica a plena realização dos direitos para que a pessoa idosa possa viver com segurança e dignidade, participando da vida econômica, política e social do país.

Uma campanha esta acontecendo no Estado, através da Secretaria de Defesa e Proteção Social, no sentido de valorizar, sensibilizar e conscientizar a população sobre as Pessoas Idosas. O objetivo é que através do gesto de escrever em uma folha de papel a frase “RESPEITE A PESSOA IDOSA”, e tirar uma foto com essa frase, e postar no seu facebook com a hashtag #idosotocantins, as pessoas se sensibilizem que devemos dar mais valor, mais carinho, mais importância, e nunca maltratar uma Pessoa Idosa. E com esse gesto também diminui os casos de violência e levanta questões sobre o envelhecimento. Veja mais no www.facebook.com.br/idosotocantins. Vamos Aderir ao MOBILIZA! Faça ai no seu facebook esse gesto.

cleber1

Paraíso após recentemente ser considerada recentemente como a melhor cidade para se viver na região norte, agora sediará a Conferência Regional Conjunta de Diretos Humanos, onde 27 municípios da região central irão comparecer a cidade sede.

Na conferência serão elaboradas e criadas propostas para ampliação e melhoria das políticas existentes, oferecendo oportunidade para esse público debater e encaminhar ações que venham fortalecer e garantir os direitos humanos.

O trabalho de parceria que vem sendo realizado entre o legislativo e o executivo municipal tem sido de grande importância para toda a comunidade Paraisense, visto que através dessa interação têm se concretizado várias solicitações. Exemplo da importância dessa conectividade foi o atendimento da solicitação do vereador Luís Antônio em relação Conferência Regional Conjunto de Direitos Humanos.

111

“Fiquei bastante satisfeito e agradeço ao prefeito Moises Avelino por ter atendido a minha solicitação. Nosso trabalho em parceria com o executivo tem sido de relevante importância”, pontuou Vereador Dr. Luís Antônio.

As Conferências Regionais Conjuntas dos Direitos Humanos já vêm acontecendo em diversas regionais. O primeiro município sede foi Araguaina no Norte do Estado, reunindo outros 38 municípios da região, a segunda em Dianópolis e reuniram 20 municípios da região sudeste, a terceira Augustinópolis na região do Bico do Papagaio onde 26 municípios foram convidados, a quarta em Gurupi que sediou 26 municípios da região sul e sudeste. Agora será a vez de Paraíso do Tocantins ser a cidade sede deste grande evento onde se discutira políticas públicas para as seguintes temáticas: Pessoa Idosa, Pessoa com Deficiência, Criança e adolescente, LGBT e Direitos Humanos. Nestes encontros são eleitos delegados para participarem da Conferência Estadual Conjunta de Direitos Humanos em Palmas, onde serão discutidas as propostas resultantes das conferências regionais, para elaboração de documento com proposições que serão levadas à Conferência Nacional em Brasília, em abril de 2016.

O objetivo das Conferências Regionais Conjuntas é integrar as temáticas pela perspectiva da transversalidade, interdependência e indivisibilidade dos Direitos Humanos, considerando a necessidade de que o País conheça, promova e fortaleça políticas e todos os direitos humanos de forma transversal. Mais informações: www.facebook.com/conferenciaconjuntato.

1

Nessa última sexta (04), o Vereador Dr. Luiz Antônio do Partido dos Trabalhadores – PT, participou da Feira do SEBRAE para estimular o crescimento do mercado do Pequeno Comércio.

De acordo com Dr Luiz Antônio, “defendo essa ideia há mais de 20 anos e sempre a pratiquei”, concluiu. Ressaltando a importância do programa para fortalecer a região, o aquecimento da economia, e a melhora da qualidade de vida através da geração de emprego e renda.

Os pequenos negócios fazem parte da história de todos os brasileiros. São eles que fazem a economia girar de norte a sul do Brasil, que geram empregos e promovem o desenvolvimento no lugar. Por tudo isso, o pequeno negócio não é apenas do seu dono, mas de todos aqueles que dele se beneficiam.

2

Comprar deste pequeno comércio local faz que o dinheiro fique no bairro, possibilitando criar novas oportunidades, gerar mais empregos e distribuir melhor a renda. Além disso, é uma decisão que resulta em menos deslocamentos pela cidade, menos stress no trânsito, menos poluição ambiental. Isso também é qualidade de vida!

“O consumidor tem o poder de escolha. Eleger o pequeno negócio na hora da compra ajuda a fortalecer esses segmentos e impulsiona a economia. Portanto, a sua decisão de comprar neste tipo de comércio é um ato que pode transformar o país: ganha o pequeno negócio, ganha o consumidor, ganha o cidadão, ganha o Brasil. Comprar do pequeno negócio é um grande negócio para todos.” Disse o Vereador Dr. Luís Antônio.

Dados
São mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas em todo o Brasil, além de 5 milhões de microempreendedores individuais e 5,2 milhões de produtores rurais. Juntos, são eles que mais geram empregos no Brasil. Isso faz muita diferença para milhões de trabalhadores que tiveram o primeiro emprego em um pequeno negócio e para milhões de brasileiros que sustentam suas famílias a partir do trabalho em uma pequena empresa.

227740_1000

Acontece neste domingo, 16, em Paraíso, o projeto a Tenda da Cidadania,  um programa de ação social que leva às comunidades carentes serviços na área de lazer, educação, saúde, direitos e cultura. Esta edição será realizada no Setor Oeste, a partir das 8 horas, na Rua 5, entre a Bernardino Maciel e a Rua 13.

A Secretaria de Estado de Defesa e Proteção Social (Sedesp) dará apoio ao evento, promovendo oficinas temáticas onde serão debatidos o trabalho escravo, prevenção às drogas, direitos da pessoa com deficiência, enfrentamento à exploração sexual de criança e adolescente, direitos da pessoa idosa, sistema socioeducativo, dentre outros.

Também serão ofertados os serviços de aferimento de pressão, teste de glicose (diabete), entrega do Estatuto da Pessoa Idosa, cadastro de carteirinha da pessoa idosa, entrega de cardápio após a análise de uma dieta para pessoa idosa, distribuição do Guia Idoso Feliz, esclarecimentos sobre direitos da pessoa idosa, corte de cabelo, orientações sobre saúde e orientações jurídicas. 

“O projeto é um espaço aberto ao cidadão na defesa de suas necessidades e interesses por melhorias na vida em comunidade. O projeto existe desde 2013, mas esta edição estará com mais serviços voltados aos Direitos Humanos e em especial a pessoa idosa”, frisa o gerente de Políticas e Proteção da Pessoa Idosa da Sedeps, Luciano Francisco, que lembra que qualquer pessoa pode procurar os serviços da Tenda.

Fonte: Site da Secretária de Estado de Defesa e Proteção Social http://defesasocial.to.gov.br/noticia/2015/8/13/gerencia-de-pessoa-idosa-apoia-tenda-da-cidadania-em-paraiso/

hg

O Presidente Municipal do Partido dos Trabalhadores – PT, Paulo Mota e Companheiros (as) se reuniram com lideranças de diferentes bairros e representantes de entidade de Paraíso do Tocantins, dia 27 de julho, para darem sequência às filiações de simpatizantes e pré candidatos, e discutir assuntos relacionados às eleições de 2016.

Zé Pereira (Vice Presidente), explicou sobre como as filiações seriam feitas e sobre o SISFIL – Sistema de Filiações do PT. Logo após foram realizadas as filiações de todos os interessados.

O presidente do Partido, Paulo Mota, defendeu candidatura própria do PT a prefeito e fez questão de destacar a potencialidade eleitoral do Vereador Luís Antônio: “Dr. Luis Antônio tem chance real de ser eleito Prefeito de Paraíso em 2016, pois, além de seu carisma e simpatia popular tem projeto para uma Paraíso melhor Para Todos”, afirmou. Paulo Mota destacou ainda que o partido estará ainda mais forte para as próximas eleições municipais.

Participações

Participaram do evento, Dra. Cynara Nunes Leão Mota (Diretora Administrativa do Hospital Regional de Paraíso), Luciano Francisco (Gerente Estadual de Politicas e Proteção da Pessoa Idosa), Professora Neura Mota (ex vereadora do PT de Paraíso), Dr. Cleber Mota (ex presidente do PT de Paraíso), Vereadora do PT Vanessa Alencar e sua mãe Dra Iara Alencar, Dona Ivanilde (ex vereadora do PT), Júlio Carteiro e Eliane Meneguetti, ex candidatos a vereador (a), a Dona Nice, Gaspar, Darcineide chefe de escritório do Ruraltins em Paraíso,  Alvecino (Taxista) pré candidato a vereador, Raimundo Nonato (Filiado) e vários militantes e representantes da sociedade civil organizada.

 1

Na manhã deste domingo (10), o PT de Paraíso se reuniu no Diretório Central para uma singela homenagem ao Dias das Mães. O evento foi promovido pela Professora Neura Mota (PT) e suas companheiras do Grupo Mulheres Rendeiras.

Neura Mota disse: “Com muita alegria e emoção que deixo aqui um recado a todas as mães, as mães dos nossos grupos, as mães da zona rural, dos núcleos de artesanato, as mães que comparecem, as mães funcionarias, a minha mãe que Deus possa abençoar a vida de cada uma dessas mulheres, Feliz dia das mães” é o que eu desejo.

2

 A direção do partido agradeceu, exaltou a iniciativa e leu o seguinte texto abaixo que também está no WHATZAP PT PARAÍSO veja:

Uma mulher chamada Ana foi renovar sua carteira de motorista. Pediram-lhe para informar qual era sua profissão. Ela hesitou, sem saber como se classificar.  – O que eu pergunto é se tem algum trabalho, insistiu o funcionário. – Claro que tenho um trabalho, exclamou Ana. Sou mãe, disse. – Nós não consideramos mãe um trabalho. Vou colocar dona de casa, disse o funcionário friamente. Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante. – Qual é a sua ocupação, perguntou. Não sei o que me fez dizer isto. As palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora: – Sou Doutora em desenvolvimento infantil e em relações humanas, falei à funcionária. A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar pra o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas. Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial. – Posso perguntar disse-me ela com novo interesse: o que faz exatamente? Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder: – Desenvolvo um programa de longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa). Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas). Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?). O grau de exigência é a nível de 14 horas por dia (para não dizer 24). Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária, que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente abriu-me a porta. Quando cheguei em casa, com o título da minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 5. Do andar de cima, pude ouvir meu novo experimento – um bebê de seis meses – testando uma nova tonalidade de voz. Senti-me triunfante! Maternidade… Que carreira gloriosa! Assim, as avós (Idosas) deviam ser chamadas doutora-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas, as bisavós doutora-executiva-sênior em desenvolvimento infantil e em relações humanas e as tias doutora-assistente. Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras, doutoras na arte de fazer a vida melhor!

3

Na ocasião ainda estiveram presentes: a Vereadora Vanessa Alencar Pinto, Vereador Luís Antônio, Diretora administrativa do Hospital Regional Cynara Leão, Presidente do Partido Paulo Mota, Vice Presidente Zé Pereira.  E Membros Dr. Cleber, Elivane Silva, Luciano Francisco sua esposa e filhos, Esmeraldina e esposo, Jeremias e sua esposa, Vanderlice seu esposo e filha, Dona Ivanilde, Técnica de Enfermagem do Hospital Regional Gleime, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e membro do PT Osmar , Constantino e esposa, Santilha. Dentre outros (as).

IMG-20150521-WA0028

4

20150506092401_img_3934

Foram 60 dias afastados da Câmara Municipal de Paraíso do Tocantins para realizar tratamento médico, este foi o prazo que o vereador, Dr. Luiz Antonio se ausentou dos trabalhos legislativos do município. Em seu lugar assumiu o 1° suplente, Wendel Maciel.


Na Sessão Ordinária de 3ª feira (05/05) todos os Vereadores se manifestaram com alegria em ter o retorno do legislador petista nos trabalhos desta casa de Leis e também por ter restabelecido de maneira plena o seu estado de Saúde.


O Vereador Dr. Luiz Antonio ocupa vaga nas comissões de Constituição, Justiça e redação; Educação, cultura, saúde pública e assistência social; Agricultura, Indústria e Comércio e Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania.

Fonte: www.cmparaiso.to.gov.br

11O novo Diretor Clínico do Hospital Regional de Paraíso é o Medico Dr. Luis Antônio Faria Mota.

A eleição aconteceu no dia 07 de abril de 2015 dentro das dependências do próprio hospital ao longo do dia. Estavam presentes os componentes da comissão eleitoral os Médicos: Dr. Dener Gomes de Abreu, Dr. Hider Alencar, Dr. Jorge Ivan Alves Bezerra e como fiscais estavam as servidoras Najla Tenório Cardoso Araújo e Eliene Dias Castanheira. O mandato é de dois anos.

Quanto à gestão frente ao cargo, o medico Dr. Luis Antônio comenta seus objetivos: “O momento é desafiador. Aqui não será diferente. Tem de se criar instrumentos para nos mantermos oferecendo sempre serviços de qualidade. E o corpo clínico engajado nisso. Estamos num período delicado, de definição dos investimentos financeiros, avaliando medidas que vão ser adotadas. Aqui no hospital temos a intenção de reestruturar todos os serviços: desde a parte médica, a de apoio e também exames”.

Para cumprir esse objetivo o Dr. Luís Antônio salienta: “Sem a participação de todos os serviços e, principalmente do corpo clinico, não será possível alcançar os objetivos”.
O evento foi prestigiado pela Diretora Geral Waldineide Pereira de Franca, médicos, servidores, colaboradores, parceiros, convidados e pela fisioterapeuta Cynara Nunes Leão Mota – Diretora Administrativa do Hospital e sua Esposa.

 

O Entrevistado desta quarta-feira (27), no Programa “Câmara em Debate”, pela TV Paraíso, Canal 13 – SBT foi o Vereador Dr. Luis Antônio (PT), que foi felicitado, no início do Programa, pelo apresentador, pela passagem de sua data natalícia.

Dr. Luis Antônio (PT) discorreu sobre a sua luta em defesa da classe operária, principalmente em relação ao funcionalismo público municipal, o que lhe impulsionou a ingressar, primeiramente, nas lutas sindicais, colaborando na implantação, modernização e direção do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Paraíso – SIMPA, para, daí então, entrar na politica pública partidária, mas que, na condição de funcionário público municipal sindicalizado, participou na noite da última terça-feira (26), da Assembleia Geral daquele Sindicato, onde defendeu o direito ao ganho sobre insalubridade e a progressão dos funcionários do município.

Em relação à área da saúde, que também é uma de suas bandeiras de luta, o Vereador foi enfático em afirmar que “a saúde é uma responsabilidade do Estado como um todo, compreendendo as três esferas de Governo, Federal, Estadual e Municipal, mas que em Paraíso o Governo Estadual deixou muito a desejar, em relação à qualidade no atendimento do Hospital de Referência de Paraíso – HRP, onde até medicamentos são escassos e a infraestrutura básica para os profissionais realizarem seus serviços, inexiste”.

No final o Parlamentar garantiu que estará juntamente com os seus colegas de bancada, visitando o HRP, colhendo subsídios para cobrar das autoridades competentes, melhorias significativas para o atendimento daquela unidade de saúde.

2

 

Foto publicada - https://www.facebook.com/vereadorDr.LuisAntonio

Convite

O vereador Dr. Luís Antônio do PT convida a população do setor aeroporto, para participarem da TENDA DA CIDADANIA nesta quinta – feira dia 01 de maio, na Rua 15 Condomínio Santa Lucia às 08 horas da manhã trazendo diversas ações sociais: Paulinho cabeleireiro, advogados, orientações de saúde, aposentadoria e diversão para as crianças.

 

luis

 Vereador Dr. Luis Antônio

z2

Paraíso, 22 de abril de 2014

 

Clínica Z2 Diagnóstico Digital contrata (Estagiário da Área de TI (Tecnologia da Informação).

 

  •  Valor da bolsa: 350,00 Reais
  • Carga horária: seis horas diária

 

Obs: Enviar os currículum pelo site: www.luisantonio13.com. br, opção contato ou para o e-mail [email protected] do dia 23 à 08 de Maio.

 

A seleção será realizada no dia 09 de maio, ás 09h na Clínica Z2 Diagnóstico Digital, situada na rua 

José Bonifácio nº 603. Centro. (Centro Médico).

 

 

Telma G. Lustosa David
Administradora

 

 

 

RUA JOSÉ BONIFÁCIO Nº 603 – CENTRO MÉDICO – PARAÍSO – TO
FONES: (63)3361-1099 / 9256-9170 / 8453-0909 / 9944-3239 / 8134-0263

Impopulares e amargos em 2014

 

 

O espantoso, na campanha, é que candidatos falam em medidas que prejudicam a maioria dos eleitores e nada acontece

 

Paulo Moreira Leite

 

Só pode haver algo muito errado numa campanha eleitoral na qual um dos candidatos de oposição diz que não tem medo de tomar “medidas impopulares” e nada acontece. 

Assessores de outro candidato de oposição, informa o Pedro Venceslau no Estado de S. Paulo de hoje, admitem em voz baixa que apoiam “medidas amargas.”  Vamos combinar.

Até por uma questão de respeito por cada um de nossos 100 milhões de eleitores, em especial a imensa maioria que é alvo de medidas impopulares e amargas, seria bom saber o que se quer dizer com isso.

Fazendo uma imagem para facilitar o entendimento, vou colocar a coisa em termos bem populares.

É como um sujeito que chega para jantar de luxo, avisa que dentro de alguns minutos pretendem passar na cozinha para bater a carteira dos empregados e nenhum convidado pergunta: como assim? Eles vão deixar?

Na lata? E ainda manda aviso prévio?

Quantos reais podem ser extraídos do bolso de cada brasileiro quando um governante pretende tomar medidas “impopulares?”.

Quanto valem os “amargos?”. Este é o debate que importa, não?

Em situações normais, nossos New York Times, Guardian, CNN, El País, Le Monde não deixariam passar uma notícia dessas. Na disputar pelo olhar do público, teriam transformado uma afirmação dessas num escândalo. 

Tenho certeza de que Adam Prezeworski, o brilhante cientista político que o PSDB adorava ler quando se considerava socialdemocrata, iria questionar: estamos abandonando a frágil, mas necessária relação entre capitalismo e democracia? 

Até por uma questão de etiqueta, no mundo inteiro políticos que defendem medidas “não-populares” gostam de disfarçar, dizendo que são na verdade “populares.”. 

Não é sincero, mas é menos arrogante do que entrar numa campanha eleitoral dizendo que se pretende prejudicar a maioria. 

Igual a isso é falar em medidas amargas quando faltam poucas semanas para a criançada ganhar os ovos de Pascoa, não é mesmo?  No fundo, não espanta. 

Um sorridente filósofo-economista em campanha já disse – longe, muito longe dos palanques — que acha que o país não pode conviver com um povo que come bife todo dia. É ruim para o meio ambiente, pretextou, pois gado solta gases para a camada de ozônio. 

O cidadão comum – o “popular” que não estava naquele jantar de “impopulares”, agora você começa a entender a coisa, tem direito a fazer perguntas. Diga rápido o que são medidas “impopulares” para 2015? Por exemplo:

 a) o plano é acabar com a lei do salario mínimo?

 b) revogar a CLT e informalizar o mercado de trabalho?

 c) cortar gastos sociais, o que inclui, você sabe, o Bolsa Família?

 d) cortar repasses a bancos oficiais que permitem manter crédito barato para investimentos e  emprego?

O debate de política econômica na eleição  de 2014 é este.  O país vive o menor desemprego de sua história. A economia cresce. Sim. Não tivemos recessão – apesar da torcida impopular. 

É preciso ser muito “não-popular” para encher a boca e dizer que “deu errado”, vamos combinar.

Qual a prioridade, para a maioria dos “populares”, num país onde a lei diz que um homem vale 1 voto?

É preciso devotar um desprezo impopular irresistível pela inteligência popular para querer apresentar uma boa folha corrida do PSDB na luta contra a inflação.

A média da inflação no governo FHC foi de 9,2% — depois da moeda nova. A de Lula, que recebeu uma inflação de 12,5%, foi de 5,7%. A de Dilma se encontra em 6,1%. 

Em 1995, 1996, 1999 e 2002, a inflação atingiu sob FHC, um patamar que jamais seria repetido, em momento algum, após a chegada de Lula ao Planalto. Ocorreram perdas salariais, que não se verificaram a partir de 2002. Deu errado? 

Esse debate distorcido acontece porque estamos em 2002, mais uma vez. Terror eleitoral programado, com ajuda de nossos News of the World. O terror deles funciona com a língua de significados invertidos, onde a verdade é seu oposto.  

Você lembra.  Em 2002 um economista do  Goldman Sachs lançou o “lulômetro”, uma peça de marketing eleitoral disfarçada de cálculo econômico, que pretendia aterrorizar o eleitor com projeções sobre o futuro do país caso Luiz Inácio Lula da Silva chegasse à presidência. Ajudou a criar pânico nas bolsas, deixou a classe média amedrontada, criando uma situação política que forçou Lula a fazer concessões além da conta para garantir o início de seu governo. Já vimos este filme. Dez anos depois do lulômetro, o economista-chefe do mesmo Goldman Sachs, disse para a revista Época Negócios que Lula foi o mais competente presidente dos países do G-20. 

Os mais espertos impopulares-amargos de 2014 apostam em todas as canoas – não podem se dar ao luxo da imprudência por motivos ideológicos — mas não deixam de notar que uma delas anda na frente. Podem até ter suas preferencias profundas, mas querem ganhar o jogo de qualquer maneira, não importa o vitorioso.  Em caso de derrota, querem colocar uma faca no pescoço de Dilma. Este é o ponto. Por isso falam tanto em mudar o “modelo.” A crítica se concentra em 2009, quando o país enfrentou a maior crise do capitalismo desde 1929 sem desemprego nem recessão. Dizem que o erro foi cometido ali e agora é preciso arrumar a casa. Não perdoam o esforço para resistir à austeridade, as demissões em massa, aos cortes que jogaram a Velha Europa no atoleiro de hoje. 

Em 2014, o condomínio Lula-Dilma disputa – como favorito – o quarto mandato consecutivo no Planalto, um feito sem igual na história de nossa República. Não teve ajuda “impopular” de ninguém.  

Em momentos de delírio, os adversários sonharam até com um impeachment auxiliado por um barítono da Baixada Fluminense, não é mesmo? A base é o reconhecimento pelas conquistas que os “populares” obtiveram até aqui. O que se pretende é revogar, uma a uma, aquelas conquistas alinhavadas nos itens “a” a “d.” 

Foi assim há 50 anos, não custa lembrar.  Num gesto de grande dignidade, o avô das medidas impopulares chamou de “canalhas” aqueles que pretendiam derrubar, pelas baionetas, um governo que não tomava medidas “impopulares.”. 

O avô do amargo recusou-se a entregar o cargo, foi para a cadeia depois discursar no rádio em defesa da “revolução pernambucana.”. 

Está na hora de garantir transparência política na campanha, concorda?  

Osvaldo Orlando da Costa, o Osvaldão, é a figura mais emblemática da Guerrilha do Araguaia. Mineiro de Passa Quatro, foi um dos primeiros da família de ex-escravos a abandonar a cidade interiorana para estudar no Rio de Janeiro. Negro, forte, com mais de dois metros de altura, era uma figura inconfundível.

Na cidade maravilhosa, foi campeão carioca de boxe pelo Club de Regatas Vasco da Gama, na década de 1950. Teve que abandonar a carreira após conseguir a oportunidade de es

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) não descende apenas da oligarquia política mineira dos Neves, por parte de mãe, filha de Tancredo.

Por parte pai também descende da oligarquia Cunha. Seu avô Tristão Ferreira da Cunha foi deputado federal de 1946 a 1963, pelo PR da época, de ideologia conservadora.

Em 1962 passou a herança política para o filho, elegendo Aécio Cunha para deputado federal, pai do atual senador tucano.

Tristão apoiou o golpe de 1964 e ganhou a presidência do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) onde ficou até morrer em 1974.

O pai de Aécio Neves também aderiu à ditadura e foi deputado pela ARENA, PDS e PFLde 1962 até 1986, por seis legislaturas, quando passou o bastão para o filho se eleger deputado federal.

Até aí mais um caso de oligarquias no Brasil que buscam manter o poder político durante gerações seguidas, inclusive através dos golpes e ditaduras.

O problema maior é que os Estados Unidos resolveram financiar clandestinamente com milhões de dólares a campanha eleitoral de 1962 no Brasil de candidatos dóceis a seus interesses e “amigos” das empresas estadunidenses instaladas no Brasil.

Através de uma ONG chamada IBAD, a CIA (Agência de Espionagem dos Estados Unidos) financiou diversos candidatos de sua preferência. E na lista dos mineiros está o nome de Aécio Cunha ao lado, inclusive, de expoentes da extrema-direita da época como Amaral Neto, Plinio Salgado, Padre Godinho, Herbert Levy.

O caso foi escândalo na época, motivo para CPI, pois estrangeiros financiarem eleição já era proibido na época.

Fazendo uma analogia com os dias de hoje, é como se petroleiras estadunidenses usassem uma entidade de fachada para receber dinheiro e repassar para a campanha de políticos dispostos a detonar a Petrobras e desmanchar o regime de partilha do pré-sal que dá mais dinheiro para a educação, voltando ao regime de concessão a preço de banana dos tempos de FHC. Aliás foi isso que Aécio Neves prometeu rever a uma platéia de empresários.

2

Dando continuidade ao trabalho de lutar pelos anseios da população paraisense, a Câmara de Vereadores de Paraíso do Tocantins realizou a Audiência Pública sobre programas habitacionais na quinta feira (27/03/2014). A população pode tirar suas dúvidas, fazer questionamentos, cobrar agilização na entrega das casas, reivindicar, protestar e se informar sobre o processo de aquisição da casa popular.

Continue lendo

Convido a toda população paraisense a comparecer, dia 27 de março de 2014, no Auditório da Câmara Municipal de Paraíso. Utilidade pública fique informado.

O que é uma Audiência Pública?
Audiência Pública é um instrumento de participação popular, garantido pela Constituição Federal de 1988 e regulado por Leis Federais, constituições estaduais e leis orgânicas municipais. É um espaço onde os poderes Executivo e Legislativo ou o Ministério Público podem expor um tema e debater com a população. Coordenada pelo órgão competente ou em conjunto com entidades da sociedade civil que a demandaram. Nela, apresenta-se um tema e a palavra então é dada aos cidadãos presentes para que se manifestem.

audiencia

Quem deve participar?
Todos os que quiserem podem e devem participar das Audiências.

Continue lendo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...