Carta para minha mãe | Luis Antonio 13
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio

Mãe, o último domingo – 15 de março – foi um dia sombrio.

Pelas ruas do Brasil, por nossas largas avenidas, uma ruidosa marcha de milhares de pessoas revelou a infâmia escondida nos porões ou em baús onde o medo e as mortes de centenas de brasileiros permanecem impunes.

Depois de trinta anos de redemocratização é que eles, da direita brasileira, realizam sua maior manifestação pública de massas.

Ali estavam perfilados com absurdas faixas os nostálgicos da cadeira-do-dragão e do pau-de-arara, os matadores de crianças, os que diziam que os métodos da Gestapo estavam ultrapassados, os querem reduzir a maioridade penal, a bancada da bala, a Opus-Dei e a Rede Globo. 

O desfile, que contou com o entusiasmo e presença de notórios torturadores, como é o caso de Carlos Alberto Augusto – conhecido nas masmorras da repressão como “Carlinhos Metralha” – que, para a glória eterna de Médice e Geisel, distribuía selfies e sorrisos ao vangloriar-se de sua participação, em 1973, no “Massacre da Chácara São Bento”, comandada pelo delegado Fleury, em Paulista (PE).

Naquele episódio a jovem Soledad Barret, presa e grávida como tu, minha mãe, fora morta com mais seis companheiros, todos sob a mais lancinante tortura. Ela, como todos, foi entregue pelo famigerado agente infiltrado Cabo Anselmo. Tal agente era o pai do filho que Soledad carregava.

Mãe, sinto-me agitado em teu ventre e a memória da carne retorna sob as botas do tirano e pergunto, afinal,  quem deu aos verdugos o direito à luz do sol depois de tantos anos de escuridão?

Como a impunidade pode ser tão escandalosa?

Em mim, pequena mãe, vou compreendo cada vez mais que os navios negreiros e seus mercadores ainda permanecem como guias-espirituais de nossas elites. A violência, então, não apenas ressignifica essa ‘gente diferenciada’ mas confere-lhe lugar de proa no corolário dos comboios dos pescoços amarrados em pescoços que, através dos séculos, fez do suplicio sua mão possessa no pasto da brutal formação da nacionalidade, como ensinou Darcy Ribeiro.

Mãe, alguns amigos e parentes, dos mais queridos, estavam lá e vejo pelas redes sociais de como o esgoto, o lixo e pesticidas altamente desfolhantes – destes que se consomem em grandes goles e que está sendo servido diuturnamente pela mídia golpista – pôde fazer tanto estrago nas mentalidades. Alguns deles passarão por essas palavras noturnas e espero que reflitam sobre as consequências de dar, ao cio dos fascistas, a cadela do obscurantismo.

Sei o quanto dói na gente, em ti, em mim, em meus irmãos, a lembrança destes episódios na qual fomos torturados dentro do próprio Ministério do Exército, no Pelotão de Investigações Criminais, em Brasília, ou na Barão de Mesquita, no Rio de Janeiro.

Mãe, a tortura ainda permanece dentro da gente.  Do capuz escuro aparece um medo cortante e, por todos os dias, anos que se seguem, vamos aprendendo a enfrentar a mão colérica dos que nos queriam mortos e desaparecidos, sepultados numa vala comum, como indigentes. 

Sobrevivemos porque, tanto tu como o Paulo resistiram a morte precoce e a loucura. Temos, então, responsabilidade nos estampidos da artilharia. 

Eles, os violentos, não passarão!

Hecilda, pequena mãe, seguiremos na luta!

Por Paulo Fonteles Filho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Multimídia do dia 21 de setembro de 2018
    As imagens e os vídeos selecionados. Imagens para texto leia mais
  • Fora de Pauta 21 de setembro de 2018
    O espaço para os temas livres e variados. Imagens para texto leia mais
  • Clipping do dia 21 de setembro de 2018
    As matérias para serem lidas e comentadas. Imagens para texto leia mais
  • Luis Roberto Barroso, o camaleão que travou, por Luis Nassif 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Análise Foto: Agência Senado   Luís Nassif   O estilo camaleão sempre foi uma tecnologia dos políticos, especialmente em períodos de grandes transformações. Confira a destreza de José Sarney ou Antônio Carlos Magalhães, baluartes do regime militar, tornando-se democratas desde criancinha no alvorecer da Nova República.   Não é exercício banal. Exige conhecimento histórico, […]
  • O eleitorado tucano não quer Alckmin, por Marcos Soares 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Análise Por Marcos Soares O saldo das pesquisas dessa semana consolida as tendências de crescimento de Bolsonaro e Haddad e apontam para a disputa entre os dois candidatos no segundo turno. Na pesquisa Datafolha divulgada ontem, o capitão reformado cresceu 4 pontos desde a semana anterior e o petista manteve o crescimento mais acentuado […]
  • Em carta ao povo, FHC trata Haddad como radical oposto a Bolsonaro e pede união contra os dois 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Eleições   Jornal GGN - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) publicou nesta quinta (20) uma carta ao povo brasileiro tratando Fernando Haddad (PT) como polo oposto a Jair Bolsonaro (PSL), e pedindo união dos demais candidatos em torno daquele que tiver as melhores condições de derrotar os dois "radicais" na urna. FHC ainda […]
  • Crônica do discurso inútil, por Ítalo de Melo Ramalho 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Opinião Crônica do discurso inútil por Ítalo de Melo Ramalho A situação de insegurança emocional e institucional no Brasil é tão infame, que termino por desconhecer aquele/a amigo/a que me acompanha desde os meus primeiros momentos; como também aqueles/as que estão presentes nos meus mais recentes passos na vida. Quando observo o discurso político […]
  • Fernando Haddad foi a novidade no debate da TV Aparecida 21 de setembro de 2018
    No quarto debate televisivo entre os candidatos à presidência, Fernando Haddad (PT) foi a novidade. Nos debates anteriores, nem ele, nem Lula puderam participar. O debate promovido pela Igreja Católica foi morno. Pouco se destacou além das alfinetadas já habituais … Continue lendo →
  • AO VIVO: Debate dos presidenciáveis pela TV Aparecida 21 de setembro de 2018
    Acompanhe ao vivo  o debate entre os candidatos à presidência da República promovido pela TV Aparecida.
  • Noam Chomsky visita Lula; assista 20 de setembro de 2018
    O linguista norte-americano Noam Chomsky visitou Lula na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, nesta quinta-feira (20). Ele foi acompanhado do ex-ministro Aloisio Mercandante (PT). Após a visita, eles falaram com os presentes na Vigília Lula Livre. Confira o vídeo:
  • TV Aparecida promove debate com candidatos à presidência 20 de setembro de 2018
    A TV Aparecida promove nesta quinta-feira (20) um debate com os candidatos à presidência da República. Será o primeiro confronto com a participação de Fernando Haddad (PT). Estão confirmados os candidatos Alvaro Dias (Podemos), Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT), … Continue lendo →