Aécio e Anastasia serão denunciados ao MPF por rombo de R$ 6 Bilhões em Minas | Luis Antonio 13
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio

 

O Governo de Aécio/Anastasia do PSDB, em doze anos arrombou as finanças do estado de Minas Gerais. Uma das razões dessa diferença foi a antecipação de dividendos das empresas públicas ao longo de 2014. Empresas de que o governo do Estado é acionista, como a Cemig e a Copasa, anteciparam dividendos que só deveriam ser pagos este ano. Um exemplo desse artifício foi o pagamento de dividendos de R$ 60 milhões da MGI – Minas Gerais Participações, em 30 de dezembro, a dois dias do final do mandato.

Mesmo tendo antecipado a retirada desses dividendos, o recurso constava como receita a ser arrecadada em 2015, no total R$ 4,7 bilhões patrimoniais. Com a avaliação feita pela nova administração, foi descoberto que restou apenas R$ 1,1 bi em dividendos, sendo R$ 500 milhões passíveis de antecipação em 2015. Este é o quadro de ‘congestão financeira’ dos governos tucanos liderados por Aécio.

“Não vamos receber esse ano os dividendos de 2014, pois os valores foram todos antecipados até o limite”, explicou o secretário da Fazenda José Afonso Bicalho. Devido ao déficit, o estado vai zerar os investimentos com recursos próprios, mas serão realizadas obras e contratação de serviços com recursos vinculados e de operações de crédito.

Apesar da grave situação financeira do Estado, o governador Fernando Pimentel assegurou a aplicação constitucional de 12% na educação, 25% na saúde e 1% na Fapemig- Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais, e todos os aumentos salariais dos servidores autorizados por lei. Os aumentos salariais serão pagos ao longo de 2015.

“O pagamento da folha está garantido, mas é importante destacarmos que a mudança no orçamento nada tem a ver com a falácia de que seria culpa das contas do governo federal. A peça anterior não era factível”, disse o governador. Além disso, é ordem de Pimentel priorizar as demandas da educação. “Temos a proposta de pagar o piso salarial e temos um grupo de trabalho com os representantes. A ordem é repassar para q educação qualquer folga orçamentária”, disse Helvécio.

Balanço parcial da situação deixada pelos governos de Aécio, Anastasia e Alberto – a trinca de Ás responsável pela derrocada do Estado de Minas Gerais

O governo do PSDB sob o comando de Aécio Neves levou ao sucateamento dos serviços públicos em todas as áreas. O malfadado Choque de Gestão deixa o estado em situação de caos, afunilando nossa economia e colocando Minas Gerais na contramão do desenvolvimento.

Reconstruir Minas Gerais será o maior desafio da gestão de Fernando Pimentel. Veja alguns dos problemas que o petista enfrenta desde o 1º de janeiro de 2015:

Educação – Os professores mineiros não recebem o Piso Salarial Profissional Nacional definido por Lei Federal. Nem o mínimo constitucional para a Educação (25% da receita estadual) é aplicado, o que gerou uma dívida com o setor de 8 bilhões de reais. Faltam mais de 1 milhão de vagas para o Ensino Médio na rede pública. Por causa da falta de estrutura, existem escolas estaduais funcionando em locais antes utilizados como motel e posto de gasolina. Fora o quadro de instabilidade causado pela extinção da Lei 100.

Saúde – Também sem a aplicação do mínimo constitucional para a Saúde, os mineiros seguem marcados pela amarga gestão do SUS/MG. Nenhum novo hospital. Nenhum programa estruturador. Some-se a isso uma ação movida pelo Ministério Público que questiona desvios da verba da Saúde para a Copasa da ordem de mais de 5 bilhões de reais. Outra ação questiona um superfaturamento na compra de medicamentos entre 2008 e 2012, que causou um rombo de 28 milhões de reais aos cofres públicos mineiros.

Economia – Acumulada principalmente nos últimos 12 anos, a dívida pública mineira está estimada em 102 bilhões de reais, colocando Minas Gerais na posição de 2º estado mais endividado do país. Apesar dos pagamentos de juros e amortização, a dívida cresce. A crise pela qual passa nosso estado já garantiu para 2015 baixas orçamentárias nas secretarias de Planejamento e Gestão, de Transportes e Obras Públicas e na de Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Previdência – A extinção do Funpemg (Fundo de Previdência do Estado de Minas Gerais) como forma de apropriação dos recursos do fundo para cobrir os déficits do caixa mineiro foi um dos maiores golpes contra o povo de Minas Gerais. Ainda assim, somente no ano passado, o Tesouro Estadual precisou fazer um aporte de 5,9 bilhões de reais para cobrir o pagamento de benefícios previdenciários. Parte desse dinheiro foi excluído do pagamento com despesas de pessoal.

Governo de Minas denunciará Aécio e Anastasia ao MPF; PT-MG abrirá CPI

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Multimídia do dia 21 de setembro de 2018
    As imagens e os vídeos selecionados. Imagens para texto leia mais
  • Fora de Pauta 21 de setembro de 2018
    O espaço para os temas livres e variados. Imagens para texto leia mais
  • Clipping do dia 21 de setembro de 2018
    As matérias para serem lidas e comentadas. Imagens para texto leia mais
  • Luis Roberto Barroso, o camaleão que travou, por Luis Nassif 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Análise Foto: Agência Senado   Luís Nassif   O estilo camaleão sempre foi uma tecnologia dos políticos, especialmente em períodos de grandes transformações. Confira a destreza de José Sarney ou Antônio Carlos Magalhães, baluartes do regime militar, tornando-se democratas desde criancinha no alvorecer da Nova República.   Não é exercício banal. Exige conhecimento histórico, […]
  • O eleitorado tucano não quer Alckmin, por Marcos Soares 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Análise Por Marcos Soares O saldo das pesquisas dessa semana consolida as tendências de crescimento de Bolsonaro e Haddad e apontam para a disputa entre os dois candidatos no segundo turno. Na pesquisa Datafolha divulgada ontem, o capitão reformado cresceu 4 pontos desde a semana anterior e o petista manteve o crescimento mais acentuado […]
  • Em carta ao povo, FHC trata Haddad como radical oposto a Bolsonaro e pede união contra os dois 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Eleições   Jornal GGN - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) publicou nesta quinta (20) uma carta ao povo brasileiro tratando Fernando Haddad (PT) como polo oposto a Jair Bolsonaro (PSL), e pedindo união dos demais candidatos em torno daquele que tiver as melhores condições de derrotar os dois "radicais" na urna. FHC ainda […]
  • Crônica do discurso inútil, por Ítalo de Melo Ramalho 20 de setembro de 2018
    Categoria:  Opinião Crônica do discurso inútil por Ítalo de Melo Ramalho A situação de insegurança emocional e institucional no Brasil é tão infame, que termino por desconhecer aquele/a amigo/a que me acompanha desde os meus primeiros momentos; como também aqueles/as que estão presentes nos meus mais recentes passos na vida. Quando observo o discurso político […]
  • Datafolha aponta potencial de transferência de votos de Lula para Haddad 20 de setembro de 2018
    A pesquisa Datafolha divulgada na madrugada de hoje (20) revela que quase um terço do eleitorado, 26%, ainda não liga o ex-presidente Lula ao candidato do PT Fernando Haddad. De acordo com o levantamento, 64% dos eleitores brasileiros já fazem … Continue lendo →
  • Bolsonaro é ameaça ao Brasil, diz capa da The Economist 20 de setembro de 2018
    A revista britânica The Economist, na capa, registra que Jair Bolsonaro (PSL) é ‘ameaça ao Brasil e à América Latina’ se eleito presidente da República. De acordo com a publicação de perfil liberal, “o Brasil precisa de reformas urgentemente, mas … Continue lendo →
  • Bolsonaro em alta é prenúncio da morte da TV 20 de setembro de 2018
    Quando a revista norte-americana Newsweek deixou de ser impressa depois de 80 anos, em dezembro de 2012, decretou-se no mundo inteiro a morte da mídia off-line — a mídia no papel. Pois bem, a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) — … Continue lendo →
  • Vigília Lula Livre se fortalece com horizonte promissor 20 de setembro de 2018
    Já são 167 dias de resistência e aprendizado. Além da solidariedade ao presidente Lula, a Vigília no Santa Cândida traz personalidades importantes à Capital do Paraná. Hoje é o dia de receber o linguista norte-americano Noam Chomsky. Como o Blog … Continue lendo →