Devemos doar terrenos aos necessitados, em situação de risco, para construção de casas populares | Luis Antonio 13



Prev
Next
Amigos do Facebook
Rádio Transmissão
Vereador - Luis Antônio
Monetize seu Website
PropellerAds

luis

Não é de hoje que o empenho do poder executivo, vem surpreendendo a esta casa de leis (Câmara Municipal de Paraíso do Tocantins), através de seus vereadores Jarbas Inácio, Josefa Araujo, Romilson Ribeiro e JC, com discursos programáticos, repetitivos e de grande fervor, para a aprovação de doação de terrenos a seletas empresas .

Dia 11 de março de 2014,  a senhora Vera Lúcia Pereira dos Santos moradora da Área Verde no setor Oeste relatou aos Vereadores e à sociedade em geral, que muitas casas correm o risco de desabamento em razão da enorme cratera que se formou naquela localidade. Dona Vera disse que toda vez que a chuva cai em Paraíso, aumenta o medo dos moradores com a possibilidade de deslizamento, onde várias residências apresentam rachaduras em suas paredes, o que tem causado uma série de transtornos para os moradores daquela região. Disse ainda que não vê a hora de sair daquele lugar.

luis3

Dia 12 de março de 2014, não houve discursos programáticos e nem ênfase sobre o assunto da relacionado senhora Vera Lucia.

Sempre defendi que para fazer doação de um terreno seja qual for a finalidade deve se fazer um levantamento e verificar eventuais necessidades e urgências a respeito . Não sou contra a doação de terreno a quem quer que seja . Sou contra a não priorização (qual o caso é mais crítico no momento?).  Existem terrenos em Paraíso  para doar, porque não priorizar? Façamos doações de terrenos em primeiro lugar para estas famílias que dormem com medo quando chove, correndo o risco de acontecer uma catástrofe. Isto é democracia.

Concordo com o uso de terreno público para assistir diretamente à população. Doar  para os pobres, os mais humildes . Aí sim, eu sou a favor e a lei dá essa garantia.

A ênfase em doar terrenos públicos sem priorizar, chegou nesta casa de leis nos seguintes ditames: “a contrapartida da empresa para a doação do terreno é a construção de uma fábrica de ração que gerará mais de 1000 empregos diretos e 1500 indiretos”. Sendo estes números para análise. Justificam que se não aprovado este projeto a construção desta fábrica de ração vai para outro município.

Questionamentos: comprometimento grande este com a cidade de paraíso, que até o presente momento fez de tudo para a empresa crescer, no passado fez doação terreno onde hoje fica sua sede, fez terraplanagem, pavimentou etc. Fala-se que se não fizer esta doação este empreendimento será feito em outro local. Será que este grupo tão dinâmico, citado como uma das empresas que mais emprega e detentora de grande poder econômico , não tem condições de comprar um terreno e construir sua fábrica de ração? Não estaria assim valorizando o município que tanto lhe ajudou? 

Temos que ver realmente no projeto apresentado a capacidade de gerar empregos  desta fabrica que será construída, porque as vezes promete 1000 e dá 10 empregos a exemplo da fábrica de ração que já existe. Será que esta ampliação gerará este quantitativo ou é argumento para aprovação de projeto?

Enfim, sou a favor do uso de terreno público para assistir diretamente à população . Doar para os pobres, os mais humildes, para construir escolas. Esta causa eu defendo . Agora doar para parentes, amigos ou a quem quer que seja, que tenha pratica desonesta ou duvidosa ,fica aqui o meu repúdio. Para análise da população fica o texto de Gil Nunes.

“Fica aqui registrado meu repúdio a esses homens e mulheres gananciosos pelo dinheiro e vida boa em detrimento das desgraças alheias.”

Gil Nunes

Vereado Dr. Luís Antônio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *